Aspectos do Design abordados em Empreendimentos Sociais e Solidários: uma revisão sistemática

Renata Mayumi Lopes Fujita, Lara Leite Barbosa

Resumo


Este artigo busca identificar o que está sendo abordado atualmente sobre o tema de economia solidária no âmbito do design. Desta forma, aplicou-se a metodologia de revisão sistemática de literatura, com o objetivo de analisar as principais publicações que transpassam esta temática, identificando as características destes estudos e os focos de conteúdos abordados, permitindo a compreensão do estado da arte de pesquisas sobre a economia solidária na perspectiva do design. A pesquisa, realizada no Portal de Periódicos da Capes, resultou em oito artigos, nacionais e internacionais. A análise demonstrou que o termo “empresa social” é amplamente aplicado para descrever formas organizacionais que atuam com o objetivo primordial de desenvolvimento social em um processo de inovação social. A abrangência de tal definição permite considerarmos as experiências da economia solidária em tal contexto. O papel do designer é descrito como um facilitador/mediador em processos para inovação social e sustentabilidade, no entanto, a heterogeneidade das formas organizacionais descritas nos estudos, dificultam a sistematização de um design pensado para a economia solidária.


Palavras-chave


Design, Economia Solidária, Empresa Social

Texto completo:

PDF

Referências


ALIANÇA COOPERATIVA INTERNACIONAL. Cooperative identity, values & principles, c2018. Disponível em: < https://www.ica.coop/en/cooperatives/cooperative-identity>. Acesso em: 23 de Jan. de 2019.

BORZAGA, C.; DEFOURNY, J. The Emergence of Social Enterprise. London and New York: Routledge, 2001.

CHOU, D. C. Applying design thinking method to social entrepreneurship project. Computer Standards & Interfaces, v.55, p.73–79, 2018.

CIPRIANI, T. K. The emerging challenge of brand design and brand management in social innovations. The Design Journal, v.20, n.1, p.3536-3545, 2017.

CONFORTO, E. C.; AMARAL, D. C.; SILVA, S. L. Roteiro para revisão bibliográfica sistemática: aplicação no desenvolvimento de produtos e gerenciamento de projetos. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE GESTÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO - CGBDP, 8., 2011, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: IGDP, 2011, p.1-12.

DEFOURNY, J.; NYSSENS, M. Conceptions of Social Enterprise and Social Entrepreneurship in Europe and the United States: Convergences and Divergences. Journal of Social Entrepreneurship, v.1, n.1, p.32–53, 2010.

EMES INTERNATIONAL RESEARCH NETWORK. Focus areas, S.D. Disponível em: . Acesso em: 18 de Jan. de 2019.

FRANÇA, G. C. Terceiro Setor, Economia Social, Economia Solidária e Economia Popular: traçando fronteiras conceituais. Revista Bahia Análises & Dados, Salvador, v.12, n.1, p.9-19, 2002.

KONSTI-LAAKSO, S. et al. Participatory design of a social enterprise for rehabilitees. Work, v.55, p.145-153, 2016.

KUMMITHA, R. K. R. Institutionalizing design thinking in social entrepreneurship: a contextual analysis into social and organizational processes. Social Enterprise Journal, v.14, n.1, p.92-107, 2018.

MANZINI, E. Design para inovação social e sustentabilidade: comunidades criativas, organizações colaborativas e novas redes projetuais. Rio de Janeiro: e-papers, 2008.

MANZINI, E.; VEZZOLI, C. A strategic design approach to develop sustainable product service systems: examples taken from the ‘environmentally friendly innovation’ Italian prize. Journal of Cleaner Production, v.11, p.851-857, 2003.

MERONI, A. et al. Massive Codesign: A proposal for a collaborative design framework. Milão: Franco Angeli s.r.l., 2018.

MOULAERT, F.; AILENEI, O. Social Economy, Third Sector and Solidarity Relations: a conceptual synthesis from history to present. Urban Studies, v.42, n.11, p.2037–2053, 2005.

MOURÃO, N. M.; ENGLER, R. C. Economia Solidária e Design Social: iniciativas sustentáveis com resíduos vegetais para produção artesanal. Interações, v.15, n.2, p.329-339, jul./dez. 2014.

MURRAY, R.; CAULIER-GRICE, J.; MULGAN, G. The open book of social innovation. London: The Young Foundation e NESTA, 2010.

NAMORADO, R. Cooperativismo. In: CATTANI, A. D. et al. Dicionário internacional da outra economia. São Paulo: Almedina, 2009. p.96-102.

PAZMINO, A. V. Uma reflexão sobre Design Social, Eco Design e Design Sustentável. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE DESIGN SUSTENTÁVEL, 1., 2007, Curitiba. Anais... Curitiba: UFPR, 2007.

RIEGEL, S.; ZUCHETTI, D. T. Design de produto e o artesanato. Revista Conhecimento Online, v.1, p.22-32, 2011.

SELLONI, D.; CORUBOLO, M. Design for social enterprises. Co-designing an organizational and cultural change. The Design Journal, v.20, n.1, p.3005-3019, 2017.

SINGER, P. Introdução à Economia Solidária. 1. ed. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2002.

TELALBASIC, I. Redesigning the Concept of Money: a service design perspective on complementary currency systems. Journal of Design, Business & Society, v.3, n.1, p.21-44, 2017.

WDO. Definition of Industrial Design, S.D. Disponível em: https://wdo.org/about/definition/. Acesso em: 12 de Out. de 2018.




DOI: https://doi.org/10.35522/eed.v28i1.887

Apontamentos

  • Não há apontamentos.